Se você está construindo uma fazenda ou caso esteja pensando em reformar a sua, saiba que escolher o Curral Convencional ideal é fundamental para que o dia a dia na sua propriedade rural seja efetivamente otimizado.

Hoje em dia, os currais de madeira mal projetados ainda são presentes em muitos empreendimentos, mas – e ainda bem – os fazendeiros estão percebendo que apostar em instalações mais modernas faz muita diferença.

Isso porque existem opções com design mais inteligente, que facilita a operação com os bovinos, diminuindo tempo e dinheiro no procedimento como um todo.

Há diversos modelos de Curral Convencional e cada qual possui as suas respectivas particularidades.

Curral Convencional: como escolher o seu

Não há como dizer qual Curral Convencional é o melhor para a sua fazenda e seu gado, pois é preciso considerar alguns parâmetros, como:

  • Qual a área física disponível em sua propriedade rural

  • Onde estão localizadas as vias de acesso

  • Qual é a estrutura da fazenda (para saber se há algo que possa ser reaproveitado)

  • Tipo de clima

  • Quantidade estimada de cabeças de boi

  • Métodos operacionais do dia a dia

  • Quantidade de colaboradores

  • Dentre outros

No Brasil, o clima quente é predominante, então os currais abertos costumam ser mais utilizados, entretanto, essa escolha realmente depende de uma série de fatores que precisam ser estudados.

O tipo de gado que você pretende criar (cria, recria ou engorda) também influencia, sendo necessário ponderar sobre isso.

Quais são os tipos de curral convencional

O Curral Convencional pode ser arquitetado de diversas maneiras, como já foi citado anteriormente. Confira as principais estruturas:

  • Confinamento a céu aberto

Esse tipo de confinamento é ideal para confinar rebanhos que contenham apenas entre 50 e 100 cabeças de gado.

É constituído por curraletes e cada uma deles deve haver um comedouro, bebedouro e cocho de sal.

No momento de projetar a disposição, a recomendação é que os cochos devem ficar ao longo das cercas. Isso é uma estratégia para aumentar a agilidade e facilidade no processo de abastecimento.

Para proteger os cochos, eles podem ser cobertos e, também, é interessante ter um piso pavimentado na área ao redor.

  • Confinamento parcialmente coberto

Dentre os principais tipos de Curral Convencional também há o confinamento parcialmente coberto. Como o próprio nome já diz, ele possui áreas cobertas e áreas à céu aberto.

Normalmente a área coberta é onde ficam os cochos, pois isso protege o alimento.

  • Galpão fechado

Já o galpão fechado costuma ser uma área onde cada bovino terá um espaço entre 3 m² e 5 m² apenas. Costuma ser para rebanhos com aproximadamente 40 cabeças de gado.

Conheça as soluções da Panucci

A Panucci é uma empresa que trabalha há anos com Curral Convencional e mais uma série de soluções inovadoras. O objetivo é levar ao campo equipamentos e estruturas que promovam o Manejo Inteligente na propriedade.

De forma acessível e fácil, os produtos fazem toda a diferença no dia a dia da fazenda. Os resultados são bem promissores e até mesmo algo que parece ser um simples detalhe, no final das contas, traz uma grande economia.

Investir no seu próprio empreendimento é fundamental para ter sucesso, incluindo currais adequados para a sua produção. Isso trará agilidade de processos, maior qualidade nas operações e bem-estar animal.

Conheça quais são as possibilidades de Curral Convencional no site da Panucci e, também, conheça as outras soluções para o seu gado.